Advogados burlados em mais de 100 mil euros por alegada associação criminosa

Uma
sociedade de advogados declarou, esta segunda-feira, no Tribunal da Lourinhã ter pago mais de 100 mil euros a empresa de publicidade em listas telefónicas acusada de burla e associação criminosa.

Consulte o artigo completo em: http://jn.pt/m/1fV0

Enviado através da aplicação JN – iPad

Anúncios