Será que o nosso Ministro das Finanças deu uma achega sobre o significado da velha expressão popular – «como o tolo no meio da ponte»?

Anúncios