Que alguns tribunais são autênticas peças de banda desenhada (BD) ninguém tem dúvidas, mas só faltava um grupo de congoleses lembrar-se de avançar com um processo contra o Tintim. E o pior da história é que um juiz algures em Bruxelas decidiu dar seguimento ao caso…

Se a moda pegar, estou já a imaginar um grupo de cidadãos italianos, residentes em Roma, a processar o Astérix e o seu grupo de irredutíveis gauleses, pela forma como os romanos são ridicularizados nos livros daquela série de banda desenhada. E considerando a sanha persecutória manifestada recentemente pelos juízes italianos, não me custa nada adivinhar que o processo avance destemidamente até que alguém acabe a ver o sol de outra maneira – aos quadradinhos, claro…

Anúncios