Quando um circo de Natal anuncia um espectáculo de “tubarões vivos”, a perspectiva neo-realista impõe-se e assume foros de metáfora para um país, em que no meio do circo imperam os tubarões. Vivos, infelizmente…

Anúncios