Etiquetas

(Luca di Montezemolo com os pilotos da Ferrari na apresentação do F1 2010)

Sejamos claros: ninguém no seu perfeito juízo previa, terminada a primeira metade desta época, que a Ferrari chegaria à última corrida do campeonato em condições de vencer o título de pilotos com Alonso – mas a verdade é que o talento do espanhol (por quem não morremos de amores) contagiou a scuderia e foi por pouco…

Um erro táctico em Abu Dhabi e um Massa totalmente desinspirado, à semelhança do que sucedeu todo o ano, foram os ingredientes que custaram a Alonso o seu terceiro título, mas há que julgar a época pelo seu todo e se bem que um campeonato possa ser ganho ou perdido na última curva da última corrida, há que fazer bem o trabalho de casa para garantir ao longo do ano que não se estará dependente de um final imprevisto.

Para 2011, o recado de Montezemolo já está dado: ao admitir que esperava mais de Massa, o tiro de partida para a substituição do brasileiro foi dado, esperando-se mais puxões de orelhas na Gestione Sportiva que muito possivelmente contemplarão o Director Desportivo Stefano Domenicali, responsável por algumas polémicas decisões como a de hoje…

Fim de época e também de ciclo?

Anúncios