A notícia do “repatriamento” de ciganos para a Roménia promovido pelo governo francês, logo comparado a algumas práticas nazis pela brigada do politicamente correcto, não corresponde senão à vontade e ao sentimento envergonhado de uma maioria da hipócrita população europeia.

Bem sei que uma andorinha não faz a primavera e que há uma minoria de membros da comunidade cigana que trabalha honestamente e paga os seus impostos nos países onde reside, mas também me parece oportuno lembrar muita da criminalidade inevitavelmente associada a esta etnia. Que o diga Rui Rio, presidente da câmara municipal do Porto, face aos problemas que tem encontrado com as famílias ciganas que vivem nos bairros sociais da autarquia…

Convidá-los a sair do país de adopção e ainda lhes pagar por cima parece-me bem mais “politicamente correcto” do que condená-los a pena de prisão efectiva, por isso (e também pela Madame Sarkozy…) gostava de convidar o presidente francês a assumir os destinos desta nação, quanto mais não fosse por uma temporada – e também lhe pagava a deslocação :-).

Anúncios