Etiquetas

,

A notícia da iminente contratação de Pedro Mendes pelo Sporting, apesar de alguns contornos ainda não totalmente definidos, é reveladora de uma alteração radical da política de contratações do meu clube.

Se até agora se enchia a boca com o discurso dos “meninos da Academia”, a mudança foi radical e faz pensar no pior, ou seja, passar apenas a falar-se nos residentes do novo lar para a terceira idade de Alcochete.

Aos 30 anos é-se (muito) novo para a maioria das profissões, mas a lei do desporto é clara e cara: 2,5 milhões de euros por um contrato de dois anos é muito dinheiro para tão curto prazo, ao ponto de obrigar o pobre do Pedro Mendes a um rendimento fora de série – oxalá.

Anúncios