Etiquetas

,

Se o elenco feminino é tentador (Robin Wright Penn, Monica Bellucci e Winona Ryder, p.ex.) o argumento do filme é inquietante: como é que factos do nosso passado remoto explicam aquilo que somos ou nos forçamos a ser na idade adulta?

Esta e outras inquietações percorrem “As Vidas Privadas de Pippa Lee”, com recurso ao flash-back e a interpretações seguras, das quais destacaria a ex-Mrs. Penn e Keanu Reeves. Não sei se é um excelente filme, mas dei o meu tempo por bem empregue. Nos dias que correm já me parece positivo.

Trailer:

Anúncios