Etiquetas

Por tradição e mania nunca liguei ao ritual da passagem de ano, com as passas e o pézinho (direito ou esquerdo?) levantado e outras bizarrias do género. Daí que apenas possa em consciência desejar a todos quantos por aqui passam o mesmo que para mim e para os meus – um bom ano de 2010.

Cousteau Last Good Day of the Year:

Anúncios