Etiquetas

Segundo o meu Pai, que sempre os adorou, não há bom circo sem palhaços: não sigo esta máxima com tanto empenho mas tenho que reconhecer que o número dos Nery Brothers, palhaços do Monumental Circo do Coliseu do Porto, a que tive o gosto de assistir ontem, valeu a pena pelo politicamente incorrecto de que foram incapazes.

A título de exemplo, e perante um espectador que abandonava a sala mais cedo, interromperam o número e perguntaram alto e bom som ao desprevenido, entretanto bem focado pela iluminação – «Vai embora mais cedo? Somos assim tão maus? Não vá tão depressa que ainda deixa ficar a família. Ena, é mesmo exibicionista escolheu o caminho mais longo…».

Escusado será dizer que o desgraçado nunca mais fará uma saída de cena tão precipitada…

Por falar em precipitação, parece que no circo de S. Bento os palhaços são outros, mas os números não menos hilariantes… 🙂

Anúncios