tazQuase que passava despercebida a data de 30 de Outubro: pois é, um ano por aqui passou (a correr) e, tal como no primeiro dia, a vontade de falar do politicamente incorrecto é inabalável, “nem que chovam picaretas”…

No entanto, se alguém quiser dar uma mão aceitam-se voluntários para umas “voltas”… 😉

A todos – e são cada vez mais – muito obrigado por estarem por aí.

Anúncios