Etiquetas

A aprovação do plano de reestruturação financeira do SCP ontem em assembleia geral é muito mais importante do que aquilo que se quer fazer crer. Primeiro, porque José Eduardo Bettencourt conseguiu em meia dúzia de meses o que Soares Franco não logrou em dois mandatos consecutivos e este aspecto, por si só, atesta bem da empatia e apreço que os associados sentem em relação ao actual presidente.

Em segundo lugar, a aprovação é conseguida por larga maioria e civilizadamente, como é timbre de um clube de pessoas de bem.

Por último, porque ainda que esta reestruturação financeira demore algum tempo a dar frutos, permitirá já preparar a nova temporada, dando de barato que esta está perdida, pelo menos a nível interno. O novo tempo verbal é, pois, o passivo impossível… 😉

Anúncios