Etiquetas

O Nobel atribuído a Barack Obama é uma surpresa ainda maior do que aquelas que a Academia norueguesa nos tem proporcionado com o Nobel da literatura.

Continuo a achar que Obama nada fez de especial para merecer este agraciamento – pelos vistos nisso estamos de acordo (Obama e eu). O discurso de agradecimento é bom (words, words…) mas o tom de embaraço não consegue ser apagado – logo hoje que o “Beau” fazia anos…

Anúncios