Etiquetas

Desde que o Banco Santander se assumiu como patrocinador da Ferrari e mesmo antes disso, suspeitava-se que a contratação do espanhol Fernando Alonso era uma questão de tempo e dinheiro. Agora que se anuncia oficialmente, e sem prejuízo de entender que Alonso é um excelente piloto, apenas tenho a lamentar o seguinte:

1.º – Ao logo da sua carreira, o espanhol deu evidentes sinais de ser um mau colega e de apenas trabalhar para si;

2.º – Felipe Massa, que tanto deu à equipa, será irremediavelmente condenado (ainda que tal não seja assumido) ao estatuto de segundo piloto;

3.º – A carreira de Alonso está recheada de “incidentes” não recomendáveis, que poderão abalar a credibilidade e boa imagem de que goza a Ferrari.

Comunicado oficial da Ferrari aqui

Anúncios