Etiquetas

,

e82c25cade

Para os padrões nacionais, Maria Filomena Mónica é uma mulher com os “ditos no sítio”, a que não serão estranhos quer o facto de ter vivido algum tempo no estrangeiro quer a sua natureza independente, na velha tradição do – «when a woman learns to walk she´s not dependent anymore» (cantavam os saudosos Go-Betweens).  

“Confissões de uma liberal”, que recebi há tempos com a revista Sábado, é uma compilação de crónicas anteriormente publicadas na imprensa, onde Maria Filomena Mónica, de forma irónica e ao mesmo tempo subtil, revela a sua desconfiança metódica face ao Estado ou as desventuras associadas ao “eduquês” dos programas do Ministério da Educação, sob uma perspectiva verdadeiramente liberal, coisa tão rara neste país.

Anúncios