Etiquetas

 

 

regional

Desde o meu regresso de férias tenho vindo a reparar numas recentes inscrições em muros e paredes que proclamam – «regionalização é revolução» ou «regionalizar é democratizar». O assunto, que julgava definitivamente enterrado com o último referendo, voltou subitamente a agitar as hostes mais “cá para cima”, já que alguns partidos se lhe referem explicitamente enquanto outros “também não” (PSD)…

Devo referir que votei contra no referendo realizado, muito embora já não esteja assim tão convencido da bondade dos argumentos mais agressivos, a começar pelo já clássico sobre a regionalização corresponder à multiplicação de caciques locais estilo Alberto João.

Basta atentar no nível de vida do arquipélago da Madeira e na intransigente defesa dos interesses daquela região que aquele assume para invejar a autonomia madeirense. Creio mesmo que Rui Rio, insuspeito de favorecer anteriormente a regionalização, veio criticar o programa eleitoral do seu partido precisamente por omitir a questão da regionalização.  

Segundo o Diário de Notícias (citando Rui Rio) – «Temos consciência clara que há pessoas no PSD que defendem a regionalização, há pessoas que não defendem a regionalização e há pessoas que podem ou não defender a regionalização dependendo do modelo que possa vir a ser apresentado»…

A revolução e democratização (?) anunciadas parecem, assim (infelizmente), ter os dias contados. Ou talvez não.

Anúncios