Na edição online do “I” de hoje, está explicada a genealogia do Facebook: à atenção do(a)s mais distraído(a)s que acham que é “giríssimo” estar lá… 😉

Anúncios