tobias_0001

O Tobias morreu.

Ainda me é difícil falar nisso, tal foi a tristeza pela sua partida: desde o dia em que nos conhecemos (quase simultaneamente com a sua dona), muito antes da moda importada do cão de água dos Obama, e ao longo de mais de 14 anos, foi o nosso incansável companheiro de viagem, assistiu ao nosso namoro, brincou com os nossos filhos e foi, mais do que tudo, uma companhia amiga para os seus donos adoptivos, que tudo fizeram por ele.

Alguém (Emily Dickinson) disse uma vez que – «Os cães são melhores que os seres humanos, porque eles sabem mas não contam». Assim ficará o Tobias, para sempre, na minha recordação.

Anúncios