Etiquetas

1242578010_extras_albumes_0

Não adianta esgrimir como argumento o encontro de 4 horas que Nadal teve ontem com Djokovic – Federer ganhou a final no piso preferido de Nadal e em sua “casa” e, certo é, o maiorquino não teve argumentos face à estratégia agressiva (finalmente!) do suiço de Basileia.

Federer acaba, assim, por servir uma vingança bem fresquinha à sua “besta negra”, se bem que ambos hajam demonstrado – como sempre – um “fair-play” notável. Ganhou o ténis com isso e ficamos todos à espera de Roland Garros.

Anúncios