Há pouco tempo falei aqui do “Facebook” com muito pouco entusiasmo e até, preocupação: nem de propósito, leio esta notícia e nem acredito – 200 milhões de utilizadores foram vítimas de um ataque de hackers.

Tendo em conta os conteúdos mais ou menos pessoais ou íntimos de muitas das páginas do “Facebook”, muita gente andará a ver a sua vida devassada de forma grosseira e com consequências imprevisíveis. São os perigos da Net, dirão uns, e os perigos de partilhar mais do que opiniões ou generalidades, direi eu.

De “Facebook” a “Facecrook”, é só um passinho, não custa mesmo nada… 😉

Anúncios