Etiquetas

Até à derrota final, podia muito bem ser este o lema da Procuradoria-Geral da República. De acordo com esta notícia do Público Avelino Ferreira Torres foi hoje absolvido de todas acusações contra si deduzidas pelo Ministério Público.

Somando às ridículas condenações de Fátima Felgueiras, às absolvições de Pinto da Costa e outras de que agora não importa falar, quase apetece dizer que se o Ministério Público é campeão das condenações prévias na comunicação social, acaba invariavelmente por “tropeçar” nas salas de audiência dos tribunais, onde – aí sim – deveria apresentar provas irrefutáveis.

A julgar pela trajectória mais recente da instituição que dirige, Pinto Monteiro vai acabar por ter o seu nome associado a quase todas as mega-absolvições de políticos, autarcas e dirigentes desportivos verificadas nos últimos tempos, sendo agora altura – talvez – de retirar as suas próprias consequências…

Anúncios