Etiquetas

Lisboa, Setembro de 1995: numa bonita noite de fim de Verão e numa operação que visava angariar fundos para salvar a extinta XFM (“a rádio para uma imensa minoria”), chegavam à Aula Magna os Tindersticks e as suas melancólicas canções. Lembro-me de um Stuart Staples a fumar como um desalmado em palco e das emoções de uma noite muito intimista e especial.

A partir daí, e muito embora tenham sido visitantes habituais do nosso país, não mais quis assistir a qualquer concerto deles, numa tentativa de guardar intactas aquelas memórias.

Porto, Fevereiro de 2009: após alguns anos de férias sabáticas eis que os Tindersticks regressam aos discos – “The Hungry Saw” – e a uma tournée que acaba por passar no Porto e, logo, no melhor espaço possível para isso – a Casa da Música. Registam-se algumas diferenças, a começar num Stuart Staples visivelmente mais velho (já não fuma, pelo menos no palco) e com a voz mais amadurecida.

Quinze anos depois, foi bom rever estes velhos amigos no fim de um dia de namorados – sim, porque estas músicas são para serem partilhadas com alguém especial… 😉

Fica aqui a lindíssima “My Oblivion”, infelizmente não tocada ontem, ao contrário do que parece ter sucedido em Santiago de Compostela uns dias antes:

Anúncios