Etiquetas

Na tradução Inglês/Português “free port” corresponde a “porto franco”, mas acho que um tradutor/traidor poderia encontrar melhor significado em “porta franca”, tantas as facilidades aparentemente concedidas.

O caso é um clássico metendo no mesmo saco os habituais protagonistas destas novelas à portuguesa: um promotor imobiliário, uma grande sociedade de advogados, uns autarcas sedentos de investimento no seu concelho e uns burocratas interessados em facilitar o IDE (investimento directo estrangeiro).

Os factos são estes e casos como este são às centenas pelo território nacional: a única coisa que muda tudo é que lá pelo meio, bem pelo meio da história, aparece um ministro do então governo que, azar dos Távoras, uns anos mais tarde chegou a 1.º Ministro. No fim do fim, mais uma história para vender jornais, que nem a oposição (decente) está a cavalgar. Também posso imaginar porquê, mas isso são outras histórias.

Anúncios