A acreditar nesta notícia do JN de hoje, eis mais uma vítima de “amor ardente”… 🙂

Anúncios