Etiquetas

Foi finalmente inaugurado o Centro de Alto Rendimento, no complexo do Jamor, em Oeiras. Segundo a edição em papel do Público de hoje – «…a chuva forte que caiu na região de Lisboa colocou em xeque as declarações do governante, pois foram vários os locais onde foi preciso recorrer a toalhas para limpar a superfície de jogo da água que caía do telhado.
As novas infra-estruturas de ténis no Jamor vão ficar completas com a construção de um espaço central que acolha público para as grandes competições, segundo avançou Laurentino Dias
».

Apesar de ter metido água, como parece ser fatal em tudo o que é obra nova em Portugal, esta é uma excelente notícia para a modalidade, sobretudo numa época em que parece perder o lanço de há uns anos atrás, em desfavor de modalidades na moda entre os mais novos (golfe, surfe, râguebi).

Oxalá o campo central venha a ser uma realidade, tão necessária para a consolidação do Estoril Open no circuito ATP e prossiga a aposta da Federação Portuguesa de Ténis na divulgação e consolidação da modalidade desde os pequenotes até aos mais velhos que, não obstante praticarem, têm também o dever moral (…) de continuarem a ser federados.

Anúncios