A propósito de um artigo de fundo na edição desta semana, a revista Sábado publicou igualmente um video (ver em baixo) sobre reuniões da Maçonaria em Lisboa.

Nada tenho contra ou a favor das opiniões e confissões de cada um dos meus concidadãos, desde que as deles não tolham as minhas próprias. Ora, desde há muito (princípio do séc. XX) que em Portugal não se assistia a tão grande influência desta seita mais ou menos secreta, na política, economia e justiça deste País, ao ponto de ser legítimo questionar se não deveria ser obrigatório um registo de interesses (também a este nível) sempre que alguém assume um cargo público.

Tenha-se em atenção as notícias públicadas nos últimos anos envolvendo transcrições de gravações efectuadas no âmbito de escutas telefónicas em investigações criminais, que nos deixam perplexos sobre a influência CONCRETA (e aqui a palavra assume um duplo significado, já que estamos a falar de “pedreiros livres”) e PERNICIOSA desta seita nos destinos da Nação.

Tanto bastaria para legitimar uma investigação criminal conducente à ilegalização de uma seita que funciona num registo mais que duvidoso, mas tal nunca será possível ou viável nos próximos anos, muito menos com governos de tanta simpatia para com o “avental” – infelizmente…

http://videos.sapo.pt/wkqbPSFqUfpRVyYUJggQ

Anúncios